Palmito de Bananeira

Artigo interessante sobre o palmito da bananeira, uma fruta altamente consumida e plantada no Brasil. Vale a leitura, até porque é pequena e rápida.

No Brasil seu uso é quase inexistente, apesar da banana ser cultivada amplamente de norte a sul do país.

Texto original de Receita de Palmito da Bananeira

O palmito da Bananeira popularmente consumido na Ásia, é uma ótima fonte de fibras, potássio e B6. Em seu uso medicinal, serve para prevenir o acumulo de oxalato que gera as pedras no rim. É comumente usado como remédio para gastrites e úlceras, e para reduzir açucares no sangue. No Brasil seu uso é quase inexistente, apesar da banana ser cultivada amplamente de norte a sul do país.

Para o preparo é preciso alguns cuidados. Para começar a escolha do pé de banana é importante. O palmito deve ser extraído após a retirada do cacho de banana, pois o palmito só de forma depois da formação do cacho. Este também é o momento que o pé de banana deve ser cortado para dar espaço aos pequenos pés de banana que crescem ao lado do pé já formado.

O palmito da bananeira é a parte mais central do pé. Corte a parte superior e inferior do tronco(pseudo tronco já que o tronco real está abaixo da terra) deixando somente o meio. Ai comece a retirar as camadas de fibras. Quando não houverem mais camadas a serem retiradas e sobrar somente um ultimo tolete de palmito, você terá chego ao objetivo. Corte-o em pedaços menores e jogue-o rapidamente em uma solução de agua com sal e limão. Este processo é muito importante para retirar o amargor do palmito e evitar que ele escureça. Ele precisa ficar nesta salmora por pelo menos 8 horas para ser utilizado. Depois deve ser mantido em solução de salmora para conserva e não escurecer, ou congelado. Quando congelado adquiri outra textura, quase como a de uma carne de frango.

Texto original de Receita de Palmito da Bananeira

Outro post interessante sobre o Palmito da Bananeira pode ser encontrado em: http://milreceitas.blogspot.com.br/2016/10/palmito-de-bananeira.html

Corte os palmitos em rodelas grossas conservando sempre em água e limão para não escurecer. Ao cortar em rodelas o palmito vai soltando a nódoa da bananeira formando uma espécie de fiapos. Retire todos os fiapos das rodelas antes de ferver.
Ferva por 3 vezes para tirar o gosto amargo. Usar duas colheres de (sopa) de vinagre a cada litro de água nas 2 primeiras fervuras. A cada troca de água ferver por 5 minutos.

Conservar em água de vinagre ou limão na geladeira.

Anúncios

O Melhor Bolo de Chocolate Vegan

Como o título diz, O Melhor Bolo de Chocolate Vegan, não podia ser mais fácil também.

Descobri essa receita a alguns anos, mas só hoje reparei que nunca tinha compartilhado. Sempre que preparo esse bolo, a patroa adora!

Se você quiser a receita original em inglês, clique aqui – VegWeb

Ingredientes:

– 6 col. sopa de chocolate (ou Nescau)
– 3 xic. de farinha de trigo
– 2 xic. de açúcar (cuidado pois Nescau já tem açúcar)
– 2 col. chá de fermento
– 2 col. chá de sal
– 2 col. sopa de vinagre (pode parecer estranho, mas mete bronca)
– 1/3 xic. de óleo (cortei pela metade a quantidade original)
– 2 col chá de baunilha (com canela em pó fica muito bom)
– 2 xic. de água

Como fazer:

Comece pré aquecendo o forno a 180º C.

Sigo a ordem dos ingredientes, primeiro os secos, depois os molhados, misture tudo em um pote grande. Gosto de provar a massa quando está tudo misturado, essa é a hora para corrigir qualquer coisa, um pouco mais de sal? Um pouco mais de açúcar?

Prepare um tabuleiro ou forma, untando com um pouco de óleo e espalhando um pouquinho de farinha, vire a massa (que vai parecer líquida demais) no tabuleiro e coloque no forno pré aquecido por uns 30 ou 40 minutos. Ao invés de ir por tempo, eu aprendi que em breve o bolo começa a cheirar como biscoito, essa é a hora que eu espeto com um palitinho para ver se está pronto.

Observações:

Se você usar Nescau, cuidado pois já tem açúcar. Quando uso, eu diminuo a quantidade de açúcar para 1 xic. e 1/2 e provo a massa antes de ir para o forno, se for preciso, adicione mais um pouco de açúcar e misture novamente.

A receita original pede por 2/3 xic. de óleo, eu cortei pela metade, ou seja 1/3 xic. de óleo.

A baunilha pode ser substituída por canela em pó ou até menta.

Algumas vezes eu preparei uma calda de chocolate simples, a receita não é exata, é mais ou menos 1 xic. de leite de soja, 3 ou 4 col. sopa de Nescau e 1 col de sopa de farinha de trigo, mexer até dar o ponto desejado e virar no bolo.

Esse bolo pode ser feito em qualquer tipo de forma, mas sempre faço em um tabuleiro, porque é o que eu tenho.

Pode ser recheado ou ainda usar a calda que você quiser.

A foto do bolo foi usada descaradamente e sem permissão, mas foi encontrada em http://pixelatedcrumb.com/2011/09/26/the-easiest-chocolate-cake-recipe-in-the-world/ é uma receita parecida e deve ser muito gostosa também. Assim que puder, substituo por fotos minhas.

 

A receita original encontra-se em: http://www.vegweb.com/recipes/best-vegan-chocolate-cake-ever